segunda-feira, 7 de maio de 2012

Desde 01/01/2012


Logo quando você me contou que 20:02 te lembra a mim, descobri que o nosso tempo é distante do tempo do mundo. E foi assim que aprendi que nos horários arranjar pretextos para pensar em mim era como você dizia “eu te amo”. Como eu respondia, não sei! E é por isso que ainda escrevo: pra tentar dizer que sim, eu também, eu muito – eu amo você.

0 Comentários:

Postar um comentário

« »