sexta-feira, 13 de agosto de 2010

"Era vidro e se quebrou..."


Alguém, por volta e meia, vem e entra na roda. Nem pede permissão e logo começa a girar. Roda e gira tanto, que faz crescer um amor. Outrora, decide acabar com ele, como se fosse melhor nunca nem ter começado, nunca nem ter entrado na roda. Assim foi o amor que tu me tinhas. Era pouco e se acabou. Por isso entre dentro dessa roda, diga um verso bem bonito, diga adeus e vá embora.

1 Comentários:

« »