sábado, 26 de junho de 2010

Band Aid


Quando se tem que tirar o curativo de um machucado que por volta e meia dói, é preciso que seja feito de uma só vez, pois, de pouquinho em pouquinho, dói mais. Deve ser assim, rápido, ligeiro e pronto. Diferente do que houve conosco. Então me diga: de quê adiantou toda aquela dor? Já que o fim era certo, não deveríamos ter adiado tanto. Afinal, é assim que deve ser o fim. Num segundo e já foi. Com um ponto bem final.
Na outra linha, parágrafo...

2 Comentários:

  1. Pfff, nem precisava ter dito que enfiei UMA SÓ FRASE, fia. Não fiz nada, foi você que escreveu tudo. <3
    Enfim, obrigado por me mencionar. Q
    Beijos, linda. ;;

    ResponderExcluir
  2. Coisas rápidas não dão tempo de serem sentidas. Esse método "arranca-curativo" é o melhor que tem para decepções: para que ficar sofrendo? Descarte o problema logo de uma vez, o mais rápido possível. Tão pequeno e tão verdadeiro o texto...

    ResponderExcluir

« »