sexta-feira, 23 de abril de 2010

Adormecendo



Depois dos tantos sonhos que passam a acontecer em meio à escuridão. Depois disso, digo, quando venho a despertar logo penso que isso de antes foi de verdade. Por vinte segundos. Até o sol bater pela janela do quarto e bater pela janela dos meus olhos desmentindo os sonhos e a escuridão. Aí então ensaio adormecer no clarinho mesmo, como quando fecho os olhos antes de dormir e presto atenção na canção que o escuro traz, somente para te sonhar. Eu só queria vinte segundos... eu só...

0 Comentários:

Postar um comentário

« »